Como Criar um Nome para o Seu Blog

Como Criar um Nome para o Seu Blog

Por Silvio Ferreira – www.silvioferreira.eti.br

Escolher um nome para um blog, no geral, é algo muito particular. Vários fatores inerentes à cada pessoa irão influenciar na escolha do nome:

  • A experiencia pessoal de cada um;
  • Acontecimentos importantes;
  • Divisores de águas: situação, evento, fato que representa uma mudança importante no rumo dos acontecimentos, sejam eles históricos, sociais ou pessoais: um filho costuma ser um grande divisor de águas na vida de uma mulher;
  • Ideal de vida ou novo ideal de vida;
  • Etc.

É seguindo essas premissas que muitos blogs foram e são criados. Vejas alguns exemplos de nomes (que já existem. Não use esses nomes, todos são nomes de blogs que já existem.): “Virei meu Chefe”, “Fiquei sem Crachá”, “Crachá Nunca Mais”, “Virei Patrão”, “Quero Ficar Rico”, entre vários outros que eu poderia citar.

Além de todos esses blogs com os mais variados e criativos nomes, uma forma extremamente eficaz de escolher um nome é usar o seu próprio nome. Muitos blogs usam o nome de seu próprio dono, e como exemplo vou usar o meu próprio blog:

www.silvioferreira.eti.br

Vou te dar agora algumas orientações indispensáveis. Vamos passo a passo:

1 – Domínio: entenda que ao criar um nome você deve ter e mente que estará escolhendo também o domínio do seu site/blog. Isso é extremamente importante. O nome do seu blog tem que ser o nome do seu domínio. Isso facilita gigantescamente nas divulgações e na facilidade com que seus leitores terão para te encontrar nos mecanismos de busca por exemplo. Por isso, familiarize-se em usar o site www.registro.br para verificar se o nome do blog que você definir (ou a lista de nomes) está disponível para registro como domínio;

2 – Faça uma lista de nomes: não escolha o primeiro nome que vier em sua mente. Ao invés disso anote vários possíveis nomes e combinações. Não escolha o nome em um único dia. Faça anotações por alguns dias (três ou quatro dias por exemplo) para dar tempo para sua criatividade trabalhar. Acredite em mim: a cada novo dia você sempre terá novas soluções;

3 – Use o seu próprio nome (ou não!): se você está com muitas dúvidas e isso está te travando, que tal usar o seu próprio nome? Ou a combinação do seu nome e/ou sobrenome com alguma palavra. Essa é uma excelente forma de criar um nome que você não terá nenhum problema, ninguém poderá te acusar de ter copiado o nome de algum blog já conhecido (ou do nome ficar muito parecido com algum famoso existente) por exemplo. Afinal de contas, é o seu próprio nome! Você pode usar deste o seu nome e/ou sobrenome (exemplo: “silvioferreira”) até o seu nome com a combinação de alguma palavra que tenha relação com o seu tema ou atividade. Exemplo: “silvionaweb”. Por outro lado, NÂO (não estou gritando ok? 😊) use o seu próprio nome caso o blog não seja pessoal (seja um blog de empresa por exemplo) e caso você não deseja divulgar o seu nome, ou seja, você não deseja que seu nome seja conhecido no ramo de atividade ou nicho. E se o meu nome for também o nome da empresa? Nesse caso não há problema algum. Pode usar o seu nome;

4 – Ouça: uma dica muito importante é procurar nomes que possam “soar” bem aos ouvidos.  Cuidado, não crie nomes exdrúxulos. Exemplos: “rodomofmoses”;

5 – Leia e analise:  pensou em nomes?  Agora digite-o em um bloco de notas ou no Word para ver como fica a grafia escrita. Evite nomes onde ocorre o seguinte:

  • Nomes muito longos. Exemplo: “blogdorolfomoisesdossantos”;
  • Encontro de vogais ou consoantes iguais: observe o nome “blog do rodolfo moises doS S Observou que em “doS” e “Santos” as letras “S” irão se encontrar ao digitar o domínio? Vai ficar assim: www.blogdorolfomoisesdoSSantos.com.br. Esse encontro de vogais ou consoantes iguais pode causar erros quando alguém for digitar o seu domínio para acessar o seu blog. Vejo outro exemplo: “CasamentosSA”. Evite isso.

6 – Cuidado com as combinações de palavras: essa é uma dica clássica. Cuidado com certas combinações de certas palavras. Existe um site chamado “Dicas Express”. Mas, veja bem que nesse nome temos “Dica Sex Press”. Percebeu?

7 – Nome difícil de digitar?  Fuja de nomes difíceis de digitar, por mais lindos que sejam. Exemplos: “Blog do schneider”, “MyWedding” (Meu Casamento). Pense em nomes curtos, fáceis de falar e digitar e agradáveis aos ouvidos;

8 – Nome Fácil de memorizar:  aproveitando o gancho da dica anterior, pense também que o nome deve ser fácil de memorizar;

9 – Evite palavras em inglês: se o seu blog for voltado para o público do Brasil e para o público que fala o idioma português, não use palavras em inglês. A não ser que o seu tipo de blog for de um nicho extremamente específico e que usa termos em inglês comumente. Exemplo: “Copy Blog” (www.copyblog.com.br/).

10 – Use palavras que tenha relação ao seu tema ou ramo de atividade: essa técnica é muito usada atualmente. Você pode escolher diversas palavras (anote-as) que tenham relação com sua atividade, ramo ou nicho. Faça combinações entre elas. Anote tudo para no final ter uma grande lista de possibilidades;

11 – Que tal pesquisar por palavras chaves? Você pode pesquisar por palavras chaves relacionadas ao seu ramo de atividade e descobrir quais possuem maior relevância, ou seja, quais palavras são mais buscadas nos mecanismos de busca como o Google.com.br ou quais palavras possuem um bom volume de busca. Para isso podemos usar (a primeira opção é a mais fácil de usar):

  • Ubersuggest: https://neilpatel.com/br/ubersuggest/;
  • Google Insights: https://www.thinkwithgoogle.com/;
  • Google Adwords: https://www.google.com.br/adwords/.

12 – Defina com exatidão o seu objetivo: você quer montar um blog que irá abordar temas como negócios na internet, afiliados, como ganhar dinheiro na rede, dicas de SEO, ou, irá se focar em um nicho bem específico (exemplo: blog sobre casamentos, blog sobre maquiagem, etc?)?

13 – Pense em SEO: se você pensar em SEO a criar o nome do seu blog você tem que pensar em nomes amigáveis com os buscadores como o Google. Uma forma simples de pensar em SEO ao criar o nome é criar nomes onde você irá incorporar as palavras chaves no próprio domínio. Vou te dar um exemplo: Fiz uma busca no Ubersuggest pela combinação “como escrever um livro”. E o resultado que obtive é que é feita 9.900 buscas por mês por essa combinação. É um bom número de buscas correto? Portanto, um bom domínio para esse blog seria www.comoescreverumlivro. Obviamente é necessário verificar as disponibilidades no www.registro.br.  Eu já tenho registrado em meu nome o domínio www.comoescreverumlivro.net.br/. Neste caso, comoescreverumlivro é um nicho super específico;

15 – Pense em um conceito: conceito é uma definição, concepção ou caracterização que alguém tem de alguma coisa. É uma formulação de uma ideia. Se eu escolho as palavras “como escrever” estou escolhendo apenas palavras chaves que possuem um bom volume de busca.  Mas são apenas palavras chaves. Por outro lado, seu eu escolho as palavras “como escrever rápido” ou “como escrever bonito” estou pensando em um conceito;

16 – Experiencia pessoal: você tem uma bela história para contar? Essa história vai de encontro com a história de muitos dos seus leitores? Algum acontecimento em sua vida que te marcou e marca a vida de muita gente? Algum divisor de águas que você vai compartilhar e fazer a sua história na rede? Um grande exemplo de blog que segue essa premissa é o blog da Luana (https://fiqueisemcracha.com.br/) que perdeu o emprego (ficou sem o crachá) e virou empreendedora digital. Vejas alguns exemplos de nomes (que já existem. Não use esses nomes, todos são nomes de blogs que já existem.): “Virei meu Chefe”, “Fiquei sem Crachá”, “Virei Patrão”, entre vários outros que eu poderia citar;

16 – Resolva dores dos leitores: o nome do seu blog pode resolver (ou dar uma indicação que irá resolver) uma “grande vontade” compartilhada por muitos, resolver uma grande dor, entregar uma solução. Exemplos: “Crachá Nunca Mais”, “Quero Ficar Rico” (todos já existem também), etc;

17 – Seja criativo. Não tenha medo de ser criativo. Um nome criativo pode ser único e virar uma marca somente sua;

18 – Leia e Estude bastante. Se você está começando agora (ou tem pouco tempo) se entregue aos estudos. Há muito material para estudo na web sobre criação de blogs, deste a escolha do nome, implementação do site/blog propriamente dito até a criação dos seus textos. Você precisa estar envolvido com o assunto para começar da melhor forma possível.

19 – Pessoas engajadas: essa dica é para quem conhece e tem contato com pessoas já engajadas no assunto, que já trabalham, que já possuam um blog, etc. Se você tem esse privilégio, converse com essa pessoa. Apresente à ela uma lista com pelo menos 5 nomes já definidos por você. Peça a opinião dela sobre qual a possível melhor opção;

20 – Registre o quanto antes: escolher um nome nem sempre é fácil.  Mas uma vez definido o nome e constatado que ele está disponível para registro como domínio, registre (o domínio) o mais rápido possível. Faça isso agora! Acredite: se você demorar poderá correr o sério risco de perder o domínio porque outra pessoa por coincidência acabou pensando na mesma ideia.

Tags: | | | | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *